Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lazer vs Recreio

22.02.09

 

 

Hoje vou falar um pouco nos conceitos de lazer e recreio. Ao longo dos tempos o lazer e recreio têm vindo a evoluir, podemos afirmar que o recreio é quase tão antigo como o Homem.

 

Já no tempo dos egípcios havia recreio através de cruzeiros, jogos e brinquedos para as crianças. Mais tarde foi a vez dos romanos criarem as corridas e os jogos de arenas como formas de recreio e lazer. No período medieval realizavam-se torneiros, procissões e havia ainda músicos e acrobatas e os enormes banquetes, para recreio das cortês.

 

Mas foi na era industrial que estes conceitos sofrerem maiores alterações com o aparecimento do relógio que começou então a regular os períodos de trabalho e de lazer. A luz eléctrica veio alterar o programa das actividades diárias, permitindo às pessoas ter recreio após o por do sol.

 

Mais uma vez estes dois conceitos (como muitos outros na área do turismo) não são exactamente o que o senso comum pensa que são. Vejamos então o que diz o dicionário da língua portuguesa sobre estes dois conceitos:

 

 

Lazer --> do Lat. Licere, s. m. ócio; vagar; passatempo; descanso.

 

Recreio --> s. m., divertimento; lugar recreativo, ameno; tempo concedido às crianças para brincarem; recreação.

 

 

No mundo académico do turismo, existem várias definições que abordam os conceitos de lazer e recreio. Autores como Cooper et al (2001) ou Mathieson e Wall (1982) e apresentam-nos várias definições sobre este mesmo tema.

 

No entanto de uma forma geral podemos afirmar que lazer corresponde ao tempo livre que resta a uma pessoa após a mesma satisfazer todas as suas necessidades básicas, de trabalho/estudo e obrigações. Este tempo pode ser activo ou passivo, ou seja a pessoa pode fazer algo (actividades de recreio) ou simplesmente estar sem fazer nada (inacção).

 

Enquanto que o conceito de recreio é activo, pois corresponde a todas as actividades praticadas por uma pessoa durante seu tempo de lazer.

 

Segundo um outro autor, Stebbins (1992) temos ainda o conceito de Lazer subdividido em dois outros conceitos; o Lazer Sério e o Lazer Casual. Ora o que será isto de lazer sério e casual?!Pois bem,  chamamos de lazer sério quando uma pessoa pratica actividades de lazer regularmente, com horário marcado e carácter sistemático, por exemplo ter aulas de dança, voluntariado, um hobbie, etc.

 

À realização de actividades como jogos, conversas sociais ou entretenimentos sem marcações, chamamos de lazer casual.

 

Aplicando estes conceitos ao turismo, podemos afirmar que nem todo o tempo de lazer é turismo, nem todo o turismo é lazer. Isto é fácil de perceber, por exemplo, uma pessoa durante o seu tempo de lazer pode ou não realizar actividades de turismo. Por outro lado se pensarmos, por exemplo, em turismo de negócios, uma pessoa que efectua uma viagem em trabalho, esse tempo não é considerado tempo de lazer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

partilhado às 18:43


1 partilha

De Ana a 04.03.2009 às 15:31

As aulinhas da Caldeira andam-te a fazer mal... bem, pelo menos aprendes alguma coisa...e aprendes k recreio nao é o recreio da escola...( whatever.....)
Enfim, temos d aturar coisas destas para se ter um curso...continua!! lol
bjinhos ;)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Locale é um sítio de partilha de experiências, de viagens já realizadas, de locais a visitar, alguns conceitos académicos do sector do turismo e muito mais...